“Capitães de Abril” Volta a Ser Exibido

A Zero em Comportamento orgulha-se de ter adquirido os direitos de exibição em Portugal do filme de Maria de Medeiros que reproduz a madrugada de 25 de abril de 1974, na qual o Rádio Clube Português emitiu a célebre e interdita canção de Zeca Afonso, “Grândola, Vila Morena”.

O filme que marcou o país na travessia do milénio, volta a estar disponível ao grande público durante o mês de abril, a propósito dos 50 anos do 25 de Abril, com duas sessões em Lisboa: a primeira acontece no âmbito da Festa do Cinema Italiano, a 14 de abril no Cinema São Jorge e a segunda no feriado do 25 de abril, no Fórum Lisboa, em parceria com a Assembleia Municipal de Lisboa. Para além de estar já disponível para marcações em todo o país, em maio, “Capitães de Abril” fará também parte dos novos lançamentos do Videoclube Zero em Comportamento.

Um retrato singular de uma aventura, pacífica e lírica, que devolveu a liberdade ao país, numa obra cinematográfica que continua a marcar a nossa memória coletiva. Ouve-se o código combinado com o clandestino Movimento das Forças Armadas que naquela madrugada levou um grupo de capitães a executar um golpe de estado e a acabar com o regime do Estado Novo. Vemos o capitão Salgueiro Maia marchar com o seu regimento sobre Lisboa, decidido a tomar a capital sem derramamento de sangue.

Entretanto, Manuel, um outro veterano da guerra de África, toma, com um punhado de camaradas, o Rádio Clube Português que se transforma no centro difusor do progresso da revolução. Maia chega a Lisboa e com a ajuda de Gervásio, consegue levar os seus “Chaimites” até ao Quartel do Carmo, onde recebe a rendição de Marcelo Caetano.

Um filme a não perder que nos relembra a emoção que invadiu as ruas e o delirante entusiasmo popular que aclamou os Capitães de Abril.